Woman on Window Sill

LUGAR DE ANÁLISE

Psicanálise

Pensamos a psicanálise como uma alternativa possível de discurso, onde o sujeito possa estar conectado com seu desejo de maneira não alienada. Diante do imperativo de sucesso em todos os âmbitos imagináveis, poder se haver consigo mesmo, se ouvir, torna possível não apenas um jeito novo de estar no mundo, mas uma completa mudança de paradigmas. A não submissão às influências e desígnios alheios, trazida pela psicanálise, é a experiência mais libertadora que o sujeito atual pode vivenciar.

homem_só.jpg

POR QUE A PSICANÁLISE?

Lugar de Análise

Tanto o que admiramos quanto o que não gostamos em nós mesmos é fruto de uma história. Nossas tristezas, as alegrias, o que nos faz rir e chorar. As marcas estão lá, e se fazem presentes ao imprimirem nosso jeito de ser, de encarar as coisas. O passado não pode ser alterado, mas pode ser reescrito de maneira que permita construir um futuro mais de acordo com o desejo de cada um. O foco da psicanálise é o momento atual, e é só na medida em que o passado se faz presente que ele nos interessa.

Saiba mais

COMO FUNCIONA?

Psicanálise é para todos?

girl-balões.jpg

FALA E ESCUTA

A  psicanálise é uma vivência de fala e escuta. Simples assim. Você fala. Um outro escuta. Com o tempo, você também se escuta. Com mais tempo, você também aprende a ouvir os outros. 
Só que se escutar não é simples. Dói, e muito. Por isso, muitos aceitam para tratamentos mais aprofundados apenas pacientes que manifestam algum desconforto ou incomodo com sua vida atual.

puzzle.jpg

TERAPIA

Não obstante, uma experiência de fala e escuta pode ser vivenciada para resolver problemas pontuais. Quando, por exemplo, há uma decisão difícil a ser tomada. Ou quando se está enfrentando uma situação particularmente difícil. E também para elaborar situações de perdas, seja de uma pessoa querida, de um amor ou mesmo do trabalho.

michelangelo.jpg

PODE SER PARA VOCÊ?

Os benefícios da fala muitas vezes se apresentam desde o início da terapia. Saber-se acompanhado, poder contar a sua história, fazem total diferença. Não raro, sintomas somáticos muitas vezes provém de questões psíquicas, e, assim sendo, podem desaparecer nos primeiros tempos de terapia.

"Precisamos amar para não adoecer".

Sigmund Freud

Woman on Window Sill